Refinarias da Petrobras batem recorde de processamento de óleo do pré-sal

Ir para o conteúdo
Parcerias

Refinarias da Petrobras batem recorde de processamento de óleo do pré-sal

SINICON
Publicado por G1 em ECONOMIA · 18 Maio 2022
A Petrobras bateu recordes de processamento de petróleo do pré-sal em suas refinarias no início deste ano, segundo nota da estatal desta terça-feira (17), em momento em que mantém a utilização da capacidade no máximo possível para atender ao mercado local.

No primeiro trimestre, uma média de 65% da carga processada veio da camada do pré-sal, um recorde trimestral. Já no mês de fevereiro, foi alcançado o recorde mensal, com média de 66%.

'Pergunta para o Adolfo Sachsida', diz Bolsonaro sobre trocar presidente da Petrobras
Em 2016, por exemplo, somente 27% da carga processada nas refinarias da companhia tinha origem no pré-sal, disse a Petrobras.

Segundo a gerente executiva de Refino da Petrobras, Elza Kallas, a capacidade de processamento de óleos do pré-sal vem crescendo por meio de investimentos no parque de refino, que trazem maior flexibilidade operacional e logística para a Petrobras e possibilitam à companhia dar melhor aproveitamento a esses petróleos, inclusive no mercado nacional.

Os petróleos do pré-sal possuem baixo teor de enxofre, o que favorece a produção de derivados com maior qualidade, como o diesel S-10 e o bunker, e contribui para que a Petrobras seja mais competitiva em redução de emissões, disse a empresa em nota.


Rua DEBRET, nº 23, 12º andar, Salas 1201 a 1207
Bairro Centro - Rio de Janeiro/RJ
CEP: 20.030-080
Telefone: (21) 2210-1322
e-mail: sinicon@sinicon.org.br

SCS - Edifício Ceará - Quadra 1, bloco E, nº 30 - Salas 801 ,802, 813 e 814
Plano Piloto - Brasília - DF
CEP 70303-900
Telefone.: (61) 3223 3161
e-mail: brasilia@sinicon.org.br
SIGA-NOS:
Voltar para o conteúdo